arrow-right cart chevron-down chevron-left chevron-right chevron-up close menu minus play plus search share user email pinterest facebook instagram snapchat tumblr twitter vimeo youtube subscribe dogecoin dwolla forbrugsforeningen litecoin amazon_payments american_express bitcoin cirrus discover fancy interac jcb master paypal stripe visa diners_club dankort maestro trash

Shopping Cart


by Sofia Eiras Antunes


&Blog

#5 Pet Parenthood - Teresa & Juno & Zoe

by Sofia Eiras Antunes


Pet Parenthood_Dogs_Curae

by Sofia Eiras Antunes


Neste artigo Pet Parenthood falamos-te da Teresa, uma querida amiga da nossa comunidade, que é uma Mãe extremosa para a Juno e para a Zoe.

Celebramos aqui um verdadeiro exemplo de Mãe dos seus animais. Ser Mãe é cuidar e a Teresa acolheu, de uma só vez, não uma, mas duas miúdas gigantes, de forma inesperada e movida pelo amor. Inspira-te por esta Super-Mãe ❤️

 

Como é que a Juno e a Zoe entraram na tua vida?

A minha família não queria ter mais animais. Ainda estávamos de luto do nosso querido Baboo. Cada animal é único e marca-nos de uma forma especial, não queríamos “substituí-lo” ou sentir que o estvamos a trocar. No entanto, consegui, depois de muito esforço, convencer a minha família a ir só ver uns cãezinhos que tinha encontrado na internet.
Tal como esperado, mal chegamos à antiga casa da Juno e da Zoe, ficámos completamente rendidos. Tinham apenas duas semanas, eram do tamanho do focinho que têm hoje em dia, cheiravam a café e tinham muitas ruguinhas. Tornou-se rapidamente oficial que iríamos escolher uma naquele dia.

A Juno era a maior e os maiores são menos aptos a problemas de saúde. A Zoe era a mais pequena e a lutadora da ninhada. Optámos pela Juno, era a escolha mais racional.
Um mês depois, contactaram-nos a perguntar se sabíamos de alguém que gostasse de ficar com a Zoe. Encontrei uma pessoa, mas à última da hora mudámos de ideias e decidimos que seríamos nós a ficar com ela. Assim, teriam sempre a companhia uma da outra e, quem passeia um cão, passeia dois. Passado 7 anos, podemos afirmar que estamos muito contentes com a decisão que tomámos!

O que é que elas significam para ti?

A Juno e a Zoe significam amor, lealdade e devoção por inteiro. Elas são casa, companhia e porto seguro. Por muito que o meu dia corra bem, ou mal, tenho sempre em casa duas bebés gigantes que estão loucas de felicidade por me ver. Eu sou tudo para elas e isso faz-me sentir especial.

Como é que elas mudam a vossa vida todos os dias?

A Juno e a Zoe mudam a minha vida todos os dias, para melhor Resultado de imagem para star emoji Elas influenciam as minhas rotinas e trazem-me estímulos diferentes.
A primeira coisa que faço ao acordar é passeá-las e dar-lhes de comer. Logo aí, obrigam-me a ter um sentido de responsabilidade superior e fazem-me sentir que já completei uma tarefa importante do meu dia. Nos dias de teletrabalho, são as minhas colegas de trabalho e são muito gratas por isso. Quando vou para o escritório, adoro chegar a casa e fazer uma caminhada com elas, ajuda a desconectar.
Numa análise mais macro, diria que a minha vida seria muito menos alegre sem elas. Acho que ninguém devia deixar de ter animais por razões como o pelo no chão e o cheiro menos agradável na casa. Os aspetos positivos que estes companheiros trazem para a nova vida são muito superiores aos negativos.

O que é que elas te ensinaram sobre ti?

Elas fizeram-me ver aspetos em mim que tenho que melhorar e outros em que estou num bom caminho. Um dos aspetos que tenho que melhorar é, sem dúvida, aprender a amar e a dar sem esperar nada em troca. Não falo necessariamente de bens materiais, mas da tendência do ser humano em exigir uma recompensa, nem que seja o reconhecimento em forma de elogio.

Também me ensinaram que devo valorizar mais a presença do próximo. Vivemos num mundo onde estamos constantemente a receber estímulos (especialmente tecnológicos) e deixamos de valorizar as pequenas grandes coisas da vida e de prestar atenção ao que os outros possam estar a viver. Penso que os animais estão muito à frente no que diz respeito a isso: a simplicidade que é a sua vida, a sua inteligência emocional e a felicidade que sentem com pequenos gestos são prova disso.

Por outro lado, também me fizeram ver que sou capaz de muita coisa. Hoje, sei que sou capaz de educar e de cuidar, porque sou dedicada, persistente e responsável. No fundo, os animais ensinam-nos muito ao longo da sua curta existência. Basta parar e fazer essa retrospetiva para nos apercebermos disso.

Long story short, cuidar da Juno e da Zoe significa...

  • Aprender e crescer;
  • Receber amor, entrega e felicidade;
  • Ter duas melhores amigas debaixo do meu tecto.